O milionário e filantropo norte-americano Chris Cline morreu no acidente de helicóptero que ocorreu nas Bahamas, esta quinta-feira. A informação foi confirmada pelo governador do estado do estado de Virgínia Ocidental, Jim Justice.

Hoje perdemos uma estrela de Virgínia Ocidental e um amigo próximo. Chris Cline construiu um império e esteve sempre lá para ajudar. Que homem maravilhoso e generoso”, sublinhou o governador no Twitter

O acidente fez sete vítimas mortais segundo informou a Polícia das Bahamas, em comunicado, esta sexta-feira.

As autoridades revelaram no comunicado que os mortos são quatro mulheres e três homens, mas não identificaram as vítimas.

Chris Cline, um milionário que fez fortuna na indústria do carvão, morreu um dia antes de completar 61 anos. Uma das filhas também morreu no acidente, segundo a imprensa norte-americana.

O helicóptero descolou de Grand Cay, ao norte da capital do arquipélago, Nassau, pelas 2:00 de quinta-feira e desapareceu pouco tempo depois de ter levantado voo. O aparelho tinha como destino Fort Lauderdale, na Florida.

De acordo com as autoridades, entre os mortos encontram-se quatro mulheres e três homens.

A Polícia das Bahamas não divulgou as causas do acidente, mas informou que já estava em curso uma investigação.