O número de mortos no Peru subiu para 91, depois de inundações na região de Piura (norte), durante o fim de semana, indicou um novo balanço divulgado pelas autoridades peruanas na segunda-feira.

O rio Piura transbordou na região costeira com o mesmo nome, depois de o caudal ter alcançado níveis históricos, causando um morto na localidade de Morroponcillo no domingo, disse o porta-voz do Centro de Operações de Emergência Nacional (COEN) peruano, Jorge Chávez, à imprensa.

O porta-voz afirmou que a queda de chuva durante 15 horas em Piura, entre sábado e domingo, "é a mais elevada precipitação desde os dois fenómenos do 'El Niño', nos anos 1983-84 e 1997-98". Em 1998, morreram 374 pessoas.

As inundações foram causadas pelas piores chuvas registadas nas duas últimas décadas no Peru e já levaram outras nações, como a Colômbia, o Chile e o Equador, a prestar auxílio ao país.

As chuvas inesperadas foram seguidas de tempestades, que atingiram fortemente a costa do país, na sequência do aquecimento da superfície das águas no Oceano Pacífico.

/ EC