O governo francês anunciou, na segunda-feira, a intenção de rever a lei da imigração para que passe a ser possível expulsar estrangeiros que «ameacem a ordem pública através de actos repetidos de roubo ou mendicidade violenta».

O anúncio foi feito pelo ministro da Imigração francês, Eric Besson, demonstrando, desta forma, que o governo está unido nas decisões polémicas que incluíram a expulsão de centenas de ciganos romenos e búlgaros.

Ao seu lado, na conferência de imprensa, esteve o ministro do Interior, Brice Hortefeux, que sublinhou que um em cada cinco assaltos na área de Paris é cometido por um cidadão romeno.
Redação / CP