Foi reaberto o processo que indicia o ator Gérard Depardieu por violação e agressão sexual. O ator gaulês estava a ser investigado desde dezembro de 2020.

O ator que desempenhou o papel "Obélix" em "Astérix e Obélix" nega todas as acusações. A queixa foi apresentada em 2018 por uma atriz que o acusa de abusos sexuais em duas ocasiões.

No ano seguinte, o Ministério Público francês concluiu que a investigação preliminar "não permitiu caracterizar os delitos denunciados em todos os seus elementos constitutivos".

A vítima apresentou recurso e no final do ano passado um juiz de instrução de Paris decidiu reabrir o processo.

O ator continua a negar todas as acusações e lamenta que a reabertura do caso tenha sido divulgada.

Redação