O Tribunal Penal de Atenas rejeitou esta segunda-feira todas as circunstâncias suscetíveis de atenuar as penas de prisão a que foram condenados os dirigentes neonazis do partido Aurora Dourada, disse fonte judicial à France-Presse.

Os membros da direção do partido neonazi grego foram considerados culpados na semana passada de participação em organização criminosa.

O líder do Aurora Dourada, Nikos Michaloliakos, e seis altos quadros do partido estão sujeitos a penas que podem ir até aos 15 anos de prisão.

Centenas de manifestantes antifascistas aguardam frente ao Palácio da Justiça de Atenas a proclamação das sentenças.

Não há circunstâncias atenuantes para os crimes nazis", é uma das palavras de ordem das pessoas que se concentram frente ao edifício do Palácio da Justiça na capital grega.

/ HCL