Muhammad Idul, um adolescente indonésio, pescava com o amigo, Sardi ,na província do sul da ilha de Celebes, na Indonésia, quando um peixe-agulha saltou para fora de água e perfurou-o no pescoço. Foram partilhadas imagens impressionantes do incidente nas redes sociais.

O peixe-agulha é conhecido por ter uma mandíbula longa e fina, que lembra a forma de uma agulha.

Muhammad Idul contou, em declarações à BBC. que o que era suposto ser apenas uma noite de pesca com o amigo terminou num incidente que poderia ter sido fatal.

De repente um peixe-agulha saltou para fora de água e perfurou o meu pescoço.” 

O adolescente caiu à água e nadou, em desespero, até à praia, sempre com o peixe agarrado ao seu pescoço. Depois, o pai levou-o ao hospital mais próximo, a cerca de 90 minutos de carro. 

Mas ao chegar ao hospital, os médicos não conseguiram tirar a mandíbula que atravessava o seu pescoço porque não tinham os materiais necessários. E o pai teve de o levar até outro hospital, ao da capital da ilha.

Mas mesmo neste hospital maior, os médicos ficaram espantados com o que viram. O diretor da unidade hospitalar, Khalid Saleh, referiu que este era o primeiro caso do género registado no local.

O jovem teve de ser submetido a uma cirurgia que envolveu cinco cirurgiões. Durante uma hora, os especialistas removeram cuidadosamente o peixe do pescoço do jovem.  

Cinco dias depois da cirurgia, Muhammad ainda não consegue movimentar bem o pescoço, mas já sente menos dores e está prestes a ter alta. Os médicos dizem que terá alta em poucos dias.

 Estamos a monitorizar a sua situação Ele poderá ter alta daqui a poucos dias, mas não pode voltar já para a sua vila porque ainda precisa de fazer mais tratamentos,” explicou Khalid Saleh.

Apesar do acidente, o adolescente não perdeu a sua paixão pela pesca e diz que da próxima vez será mais cuidadoso.

Eu só preciso de ser mais cuidadoso da próxima vez. Os peixe-agulha não toleram a luz, essa foi a razão pela qual ele saltou para fora de água e me perfurou o pescoço.”