Tintim, o repórter belga que explorava o mundo - e o espaço - com o cão Milou, continua no imaginário de milhões de pessoas, nove décadas depois de ter nascido. As aventuras do jornalista mais conhecido da banda desenhada começaram em 1929 e ainda hoje apaixonam os seguidores.

Considerada uma das mais populares personagens da BD, Tintim, com a poupa no cabelo loiro e gabardine, começou “No País dos Sovietes”, mas viajou pelos quatro cantos do mundo.

E ainda continua. Não só nos 24 álbuns, que venderam mais de 230 milhões de exemplares, mas porque Frederico Coelho, um apaixonado pelo Tintim, o leva em todas as viagens que faz. E partilha esses momentos no blogue Les Aventures de Tintin.

Nasci em França e em jovem era a minha banda desenhada preferida", disse Frederico, explicando como começou o contacto com o jornalista das aventuras de Hergé.

A minha paixão regressou em 2010 quando tive um período destacado em trabalho em França que me permitiu reler alguns álbuns e descobrir a comunidade de colecionadores de objetos ligados ao meu herói. Foi nesse período que comecei a comprar a minha peça de coleção", contou Frederico.

Tintim correu o mundo em aventuras sempre com o cão ao lado. Nasceu a 10 de janeiro de 1929 e nunca mais parou.

Os 90 anos do Tintin significam que desde 1929, com as primeiras aparições no jornal "Le petit vingtième" e depois nas BD's e séries de TV e filmes, muitos jovens, adolescente e adultos leram as Aventuras do jovem repórter. Mas mais importante nisto tudo, é que ele continua vivo em todo o mundo", sublinhou o colecionador.

Tal como a personagem aventureira que nasceu na Bélgica, e que passou pelo Oriente, América, mar e espaço, também os bonecos de Frederico viajam pelo mundo, como mostra este fã no blogue.

O primeiro objetivo do meu blogue é ter o prazer de poder partilhar as minhas peças de coleção", mas sobretudo "que o Tintin possa continuar por mais anos. Ultimamente, incorporo um pouco do Tintin, aproveitando as minhas últimas viagens para mostrar os locais mais interessantes para mim", afirmou.

Veja também: