Pelo menos oito pessoas morreram e dez ficaram feridas num ataque com um carro-bomba que explodiu junto a uma academia de políca em Bogotá, Colômbia, segundo as autoridades.

As informações iniciais apontavam para cinco mortos.

O atentado ainda não foi reinvindicado, mas rebeldes do Exército de Libertação Nacional têm aumentado os ataques contra alvos policiais, na Colômbia, nos últimos meses, no meio de um impasse político que os opõe ao presidente conservador Iván Duque.

Testemunhas dizem que ouviram uma forte explosão que destruiu janelas de prédios junto à academia.

Ainda não está explicado como o veículo-bomba conseguiu entrar na academia de polícia, no sul de Bogotá.

O jornal La Crónica del Quindío partilhou imagens do local no Twitter.

O presidente da Colômbia, Iván Duque, já cancelou um conselho de segurança que tinha marcado para hoje em Quibdo, na região de Choco, e regressou à capital, para acompanhar o processo.

Todos os colombianos rejeitam o terrorismo e estamos unidos para o enfrentar”, disse, na sua conta Twitter.