Carmen Hernandez tem 104 anos e vive na Colômbia e foi no lar onde está há mais de 25 anos que, em junho de 2020, foi diagnosticada, pela primeira vez, com covid-19. 

Meses depois, a 26 de fevereiro de 2021, a centenária recebeu a primeira dose da vacina Sinovac até que inesperadamente voltou a testar positivo ao Sars-CoV-2, a 8 de março.

Na sequência, Carmen ficou internada e agora, ao fim de 21 dias, recebeu alta hospitalar. Um momento que foi assinalado pelo pessoal médico que se despediu da idosa com uma calorosa ovação. 

Redação