O presidente da Coreia do Sul defendeu um tratado de paz para encerrar oficialmente a Guerra da Coreia, numa altura em que se aproxima o encontro agendado com o líder norte-coreano Kim Jong Un.

"O armistício que se arrasta há 65 anos deve acabar", disse Moon Jae-in aos jornalistas, acrescentando: "Devemos procurar a assinatura de um tratado de paz depois da declaração do fim da guerra".

A Guerra da Coreia foi um conflito armado entre Coreia do Sul e Coreia do Norte. Ocorreu entre os anos de 1950 e 1953 e teve como pano de fundo a disputa geopolítica entre os Estados Unidos (capitalismo) e a União Soviética (socialismo).

A cimeira entre Kim Jong-un e o Presidente sul-coreano, Moon Jae-in, a primeira cimeira entre as duas Coreias em 11 anos, decorre no dia 27 de abril, na fronteira militarizada entre os dois países.

/ LCM