A Comissão Europeia "desaconselha fortemente" as viagens não essenciais de e para Portugal. O país está agora no novo nível máximo de risco, criado pela Europa, e os passageiros que chegam de Portugal devem ser colocados numa quarentena até 14 dias. 

"A Comissão propõe a adição de uma nova cor, vermelho escuro, ao mapa publicado semanalmente pelo Centro Europeu de Controlo de Doenças. Isto é para refletir o alto nível de infeções, parcialmente ligado a novas variantes do coronavírus", explicou o Comissário Europeu da Justiça, Didier Reynders.

Esta nova cor vai aplicar-se às zonas com mais de 500 casos de covid-19 por 100 mil habitantes, como é o caso de Portugal.

"Uma parte grande de Espanha e Portugal, uma parte de Itália ou França, no centro da Europa também há muitas zonas, como em alguns países escandinavos."

As viagens não essenciais de e para zonas de alto risco são "fortemente desaconselhadas" e os Estados-membros são incentivados a exigir a quem chega destas áreas que façam um teste antes da partida e quarentena à chegada, se necessário.

Pedro Moreira