O ministério da Saúde francês confirmou este domingo mais 52.010 casos de covid-19, tornando-se assim no primeiro país europeu a ultrapassar a barreira dos 50 mil casos. O total de casos confirmados no país é, agora, de 1.138.507.

Os números foram confirmados pela Direção-Geral da Saúde de França, que registou ainda mais 116 mortes relacionadas com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, com o total de óbitos a chegar aos 34.761.

O número de novos casos, de casos em lares, as novas hospitalizações e novas entradas nos cuidados intensivos, bem como as mortes por covid-19, estão a aumentar nitidamente", refere a instituição.

Já no sábado, a França tinha atingido um recorde de casos diários, ao registar 45.422 pessoas infetadas com o novo coronavírus.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e quase 42,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.316 pessoas dos 118.686 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

António Guimarães / com Lusa