França começou, esta quinta-feira, a transportar doentes com Covid-19 no TGV, o comboio de alta velocidade. Uma composição já fez ligações entre a Alsácia, região mais afetada, e várias cidades, como Angers, Le Mans ou Nantes.

O comboio partiu de Estrasburgo com 20 pacientes que se encontram em estado grave, numa medida que o governo francês já classificou de inédita.

As carruagens do comboio pareciam autênticas salas de hospital, com todos os meios necessários para prestar os melhores cuidados aos pacientes.

Imagem do interior do comboio

Uma das vantagens do comboio, como referiu o governo, é a estabilidade de movimentos, que permite às equipas médicas uma maior facilidade de movimento caso seja necessário realizar manobras de reanimação.

Os últimos dados divulgados em França apontam para 1.696 mortos e quase 30 mil casos confirmados do novo coronavírus.

Veja também:

Jovem francesa de 16 anos, sem problemas de saúde, morreu com Covid-19

/ AG