O palácio de Buckingham avançou esta sexta-feira que Sofia, a condessa de Wessex, está em isolamento em casa.

Em comunicado, citado pela BBC, o palácio revela que a condessa, mulher do príncipe Eduardo e nora da rainha Isabel II, terá contactado com uma pessoa que entretanto se confirmou estar infetada pelo novo coronavírus.

Embora não tenha sintomas, a condessa está a seguir as deliberações das autoridades de saúde britânicas para os contactos próximos com infetados com covid-19", reitera o palácio.

À medida que o Reino Unido vai aliviando as medidas de confinamento, a família real tem voltado ao calendário normal de compromissos e eventos. Também a agenda de Sofia tem estado mais preenchida que o habitual, tanto pelo afastamento dos duques de Sussex (Harry e Meghan), como pelas precauções tomadas para proteger a saúde da rainha durante a pandemia.

De acordo com a imprensa britânica, esta não é a primeira vez que um membro da família real britânica tem de ficar em isolamento após contacto com um infetado.

No início do ano, o príncipe Carlos e Camila estiveram em quarentena, depois de Carlos apresentar sintomas ligeiros de covid-19 e ter testado positivo. O príncipe de Gales já recuperou, entretanto, da infeção. 

Rafaela Laja