Itália registou 55 mortos devido à Covid-19 nas últimas 24 horas. Trata-se de uma ligeira descida, uma vez que na segunda-feira foram anunciados mais 60 mortos. 

De acordo com o boletim divulgado pela proteção civil italiana esta terça-feira, foram registados mais 318 casos de infeção, sendo que a grande maioria (187) foram verificados na região da Lombardia (norte do país), a região mais afetada pela pandemia e que continua a concentrar as preocupações das autoridades.

A proteção civil italiana destacou que o número de casos positivos e ativos neste momento no país está abaixo da fasquia dos 40.000. Segundo os dados, o número total de pessoas atualmente positivas é de 39.893, das quais 20.255 estão na região da Lombardia.

O número de doentes internados em cuidados intensivos tem vindo a descer, sendo agora de 408 - na segunda-feira eram 424. Já o número de recuperados subiu para 160.096, um aumento de 1.737 em relação a segunda-feira.

Desde o início da pandemia, o país já registou 33.530 mortos e 233.515 infetados.

Itália é um dos países europeus mais afetados pela pandemia de Covid-19: é o terceiro com mais mortos, depois dos Estados Unidos e do Reino Unido, e é o sexto com mais casos de infeção, depois dos Estados Unidos, da Rússia, do Brasil, de Espanha e do Reino Unido. 

O país iniciou uma retoma gradual de algumas atividades económicas a 4 de maio, mais de dois meses depois de ter implementado medidas de confinamento.  

Sofia Santana / atualizada às 18:08