O número de mortes por Covid-19 no Reino Unido ultrapassou as 50 mil esta quarta-feira, avança a agência Reuters, que refere dados atualizados da Escócia como a causa para o aumento. Estes números são diferentes dos do governo, que faz a contabilização de outra forma.

Segundo a Reuters, o total de vítimas mortais é, agora, de 50.059, sendo o Reino o Unido o primeiro país a ultrapassar a barreira dos 50 mil óbitos na Europa, sendo também o segundo país com mais mortes em todo o mundo, apenas atrás dos Estados Unidos.

A elevada contagem tem gerado várias críticas à forma como o governo de Boris Johnson está a gerir a situação, e os partidos da oposição afirmam que o primeiro-ministro foi muito lento a impor medidas de confinamento.

Reuters refere que a sua contagem prevê as mortes contabilizadas em Inglaterra, País de Gales, Irlanda do Norte e Escócia. Ao contrário dos números do governo, estes óbitos incluem todos os certificados que incluem casos suspeitos de Covid-19.

António Guimarães