A incidência acumulada de covid-19 na Alemanha subiu para 120,6 casos por 100.000 habitantes, em comparação com os 110,4 de sexta-feira, registando-se 24.097 novas infeções nas últimas 24 horas, quase 6.000 a mais do que há uma semana, dia 3.

O número diário de mortos subiu para 246, face aos 120 de há uma semana, de acordo com dados do Instituto de virologia Robert Koch (RKI) atualizados esta manhã.

O pico de incidência ocorreu a 22 de dezembro, com 197,6 novas infeções por 100.000 habitantes numa semana, e a 28 de janeiro caiu para menos de 100 pela primeira vez em três meses - em meados de fevereiro tinha diminuído para menos de 60.

O número máximo de casos foi registado a 18 de dezembro, com 33.777 novas infeções num dia, e o número de óbitos em 14 de janeiro, com 1.244.

O fator de reprodução semanal é de 0,90, o que significa que cada 100 infetados infetam, em média, outras 90 pessoas.

O RKI alerta que esses números devem ser interpretados com cautela, já que durante as férias da Páscoa, que na maioria dos estados federais terminam neste domingo, são feitos menos exames.

O presidente da RKI, Lothar Wieler, destacou na sexta-feira, porém, que há outros fatores, como a ocupação das Unidades de Cuidados Intensivos, que mostram a evolução da pandemia e, nesse sentido, falou de uma situação "muito, muito séria".

Assim, 4.515 pacientes com covid-19 tinham sido internados em UCI na sexta-feira, o que representa mais 41 num dia, dos quais 2.550 - 56% e mais 20 em relação a quinta-feira - necessitam de respiração assistida, segundo dados da Associação Alemã Interdisciplinar para Terapia Intensiva e Medicina de Emergência (DIVI).

Num dia, as UCI receberam 485 novos pacientes e 116 dos internados morreram.

Atualmente, as UCI têm 20.890 camas ocupadas.

O número de positivos desde o início da pandemia totaliza 2.980.413 - dos quais cerca de 2.661.500 são registados como pacientes recuperados - e o número de mortes atinge os 78.249.

Numa semana, as autoridades de saúde relataram 100.312 novas infeções e o RKI estima que os casos ativos totalizem perto de 240.600.

Até hoje, na Alemanha, 4.831.522 pessoas tinham já recebido as duas doses da vacina - 5,8% da população - e 112.204.176 (14,7%) pelo menos uma.

Nas últimas 24 horas, 633.613 cidadãos receberam a primeira dose da vacina e outros 86.314 a segunda.

. / CM