As chegadas de visitantes a Macau durante a chamada "semana dourada" do Ano Novo Lunar desceram 65,3%, em comparação com o período homólogo de 2020, indicou hoje o 'site' dos Serviços de Turismo.

De acordo com dados provisórios do Corpo de Polícia de Segurança Pública, citados pelo Turismo de Macau, 90.615 visitantes entraram em Macau entre 11 e 17 de fevereiro, período em que decorreu a "semana dourada" do ano novo lunar de 2021.

No ano passado, entre 24 e 31 de janeiro, data em que se assinalou a "semana dourada", o número de visitantes entrados no território foi 260 mil.

Neste ano, os postos fronteiriços das Portas do Cerco (54.951), de Hengqin (22.986) e do aeroporto internacional de Macau (6.702) foram os que registaram maior movimento, segundo os mesmos dados.

O dia com o maior número de entradas foi domingo, em que foram registados 17.357 visitantes, ainda assim menos 52% do que em 2021.

O número total de visitantes oriundos da China (82.190) diminuiu 44,9% em relação à "semana dourada" de 2020, de acordo com os mesmos dados.

Já no final da "semana dourada", na terça e na quarta-feira, os visitantes da China aumentaram 5,3% (13.110) e 22,8% (11.854), respetivamente, em comparação com o período homólogo do ano passado.

As autoridades de Macau cancelaram alguns espetáculos públicos, como o tradicional fogo de artifício, por ocasião do Ano Novo Lunar, no âmbito das medidas de prevenção da covid-19.

/ MJC