2020 foi um ano pandémico e, por isso, diferente para além das diferenças habituais a cada ano que passa. Mas apesar da tristeza que a covid-19 trouxe à maior parte das vidas, também há a vida que se continua a viver e que não merece ser cinzenta.

Como aconteceu a 22 de junho, em Barcelona, com "Crisantemi", de Puccini, tocada pelo quarteto UceLi, no Gran Teatre del Liceu, num auditório com os 2.292 lugares ocupados por plantas. O espetáculo foi transmitido em direto devido às restrições impostas pela pandemia.

Ou como aconteceu com um grupo de jovens, apaixonadas pelos contos de sereias, que, numa praia perto de Telavive, em Israel, puderam esquecer, por momentos, os tempos diferentes que se vivem.

Na galeria associada a este artigo está uma seleção das melhores fotos de 2020 para a agência noticiosa Associated Press.

Catarina Machado