Um grupo de turistas que voava de Londres para o Sul de França num jato particular foram obrigados a voltar para trás após terem aterrado.

De acordo com a CNN, a polícia francesa foi notificada desta intenção de voo no dia 4 de abril.

O aparelho tinha a bordo 10 passageiros de vários países: Croácia, França, Alemanha, Roménia e Ucrânia. Os sete homens, com idades entre os 40 e os 50 anos e as três mulheres, na casa dos 25, tinham como destino final Cannes, disse à CNN a polícia de Marselha.

Tal como acontece em vários países do mundo, França também está sob um forte bloqueio nacional, de forma a combater o novo coronavírus. Os estrangeiros que entram no país são obrigados a ter uma declaração com um motivo válido para a viagem.

A polícia chegou a informar o aeroporto que todos os passageiros, com exceção dos três franceses (dois homens e uma mulher), teriam a entrada proibida, mas mesmo assim o voo foi realizado.

A viagem tinha sido organizada por um cidadão croata que trabalha no ramo imobiliário e que tem uma casa em Cannes.

Lara Ferin