A Organização Mundial da Saúde disse esta quarta-feira houve uma "maior aceleração" na disseminação da doença covid-19 na Europa, responsável por cerca de metade dos novos casos registados no mundo na última semana.

No seu relatório semanal a agência de saúde da Organização das Nações Unidas adianta que os países europeus registaram um aumento de 46% nas mortes em comparação com a semana anterior.

Embora as mortes também tenham aumentado no continente americano, a taxa de aumento foi de apenas 2%.

Na Europa, França, Itália e Reino Unido relataram o maior número de novos casos, enquanto Andorra, a República Checa e a Bélgica relataram a maior taxa per capita.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,2 milhões de mortos e mais de 46,9 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.635 pessoas dos 149.443 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

/ CE