Não é só em Espanha que a polícia anda na rua a cantar e dançar para a população que não pode sair de casa devido à pandemia de Covid-19. Também no Peru, que se encontra na segunda semana de quarentena, as autoridades fazem questão de animar os cidadãos.

Desta feita aconteceu em Barranco, Lima, município à beira mar, num dos bairros da cidade de classe média/alta.

O aparato foi filmado e partilhado por um conhecido peruano, o empresário de futebol Elio Casareto, que, inclusive, questiona a Polícia Nacional e o presidente Martín Vizcarra. "Preciso de uma explicação", escreveu na sua conta no Twitter.

Nas imagens é possível ver um autocarro da polícia e várias agentes na rua, munidas de um microfone, cartazes e coreografia q.b. E luvas, claro.

A letra da canção foi adaptada aos tempos modernos, que é como quem diz ao novo coronavírus.

Segundo o último balanço, comunicado pelo presidente Martín Vizcarra, há 480 infetados no Peru e nove mortes a registar. A capital é a região mais afetada do país, com 369 casos.

/ CM