O príncipe Harry chegou este domigo ao Reino Unido, onde vai assistir às cerimónias fúnebres do avô, o príncipe Philip, que morreu na sexta-feira, com 99 anos.  O duque de Sussex aterrou no aeroporto de Heathrow, em Londres, este domingo, por volta das 13 horas, e a sua chegada foi captada pela lente dos fotógrafos britânicos.

Meghan Markle não acompanha aquela que é a primeira vez que Harry visita o Reino Unido, depois de o casal ter tomado a decisão de se afastar da família real britânica. O motivo pelo qual não estará presente prende-se com facto de estar já em estado avançado da segunda gravidez, pelo que terá sido desaconselhada pelos seus médicos a fazer viagem tão longa.

Harry terá sido recebido por um segurança e foi levado para a sua antiga casa, a Nottingham Cottage, no Palácio de Kensington. O duque deverá passar agora por um período de quarentena de cinco dias, ao contrário dos dez dias exigidos pelo governo britânico.

O funeral do príncipe Philip, duque de Edimburgo, será realizado em Windsor, no próximo sábado, dia 17 de abril, anunciou este sábado o Palácio de Buckingham.

As cerimónias fúnebres do serão um "funeral real cerimonial" e não um funeral de estado, que "reflete muito os desejos do duque", disse um porta-voz do palácioHaverá um minuto de silêncio nacional, enquanto o caixão chega à Capela de São Jorge.

A cerimónia respeitará as diretrizes do Governo britânico de regras de combate à pandemia de covid-19, que restringe a 30 o número de pessoas autorizadas a estar presentes em funerais, mas o palácio de Buckingham não confirmou se os membros da família serão obrigados ao uso de máscara de proteção individual.

O palácio de Buckingham pediu às pessoas para não se deslocarem até Windsor, sugerindo que aqueles que quiserem prestar homenagem o façam em casa, vendo a cerimónia pela televisão.

Redação