Um membro de uma equipa de resgate ficou com "ferimentos graves" após ter caído 150 metros quando tentava ajudar duas pessoas que furaram o confinamento para irem acampar, este sábado, em Inglaterra.

A equipa da Patterdale Mountain Rescue foi chamada durante a manhã para ajudar alguém que tinha dores no peito e que estava a acampar em Red Screed, Lake District., a noroeste do país.

Quando a equipa de resgate estava a chegar ao local, um "membro experiente" acabou por dar uma queda.

Publicado por Lake District Search And Mountain Rescue Association - LDSAMRA em  Domingo, 7 de fevereiro de 2021

 O homem acabou por ser transportado de urgência por meio aéreo com lesões na coluna e várias fraturas na face. O campista que apresentava dores no peito acabou por removido e transportado para o hospital.

Os dois campistas, de Leicester e Liverpool, acabaram por ser multados em 228 euros por terem furado o confinamento, numa altura em que o Reino Unido procura combater a pandemia de covid-19.

O porta-voz da equipa de resgate, Mike Blakely, reafirmou a mensagem de que as pessoas devem ficar em casa: "Não consigo deixar de dizer que  é preciso ficar em casa durante o confinamento", afirmou, em declarações à Sky News.

Segundo o responsável, as lesões do socorrista podem mudar a vida da vítima.

António Guimarães