Desde que a pandemia Covid-19 atingiu Espanha que José María decidiu juntar-se a um projeto solidário e começar a transportar doentes para o hospital de forma gratuita. O que o condutor não esperava era que o gesto merecesse o reconhecimento de vários profissionais de saúde.

O taxista recebeu um pedido de transporte no Hospital de Alcorcón, em Madrid, mas quando lá chegou foi recebido por dezenas de profissionais de saúde que lhe bateram palmas em forma de agradecimento pelo trabalho. 

“Quisemos fazer-lhe uma surpresa porque ele está a transportar pacientes para o hospital sem cobrar. Oferecemos-lhe um envelope com algum dinheiro e uma dedicatória. Foi um momento muito emocionante, ele não parava de chorar”, pode ler-se na descrição da publicação no Twitter.

O vídeo foi gravado por médicos e partilhado na conta do Twitter El Taxi Unido, uma associação sem fins lucrativos. 

“Foi uma das melhores sensações que tive na vida”, contou José María numa entrevista ao canal espanhol Telecinco.

O momento já se tornou viral nas redes sociais com milhares de partilhas e comentário. Na publicação podem ler-se mensagens como “Quando tudo fica virado do avesso, só há dois tipos de pessoas: os bons e os maus. Obrigado!”, ou ainda “É muito emocionante ver a solidariedade por um dos sectores mais castigados pela pandemia. Quando vejo estas coisas penso que o Covid-19 está a mostrar o melhor da sociedade”.

Espanha é o segundo país do mundo mais afetado pela pandemia do novo coronavírus, ultrapassando já as 200 mil pessoas infetadas. Quanto ao número de vítimas mortais o país conta com 20.852 pessoas que não resistiram à doença e mais de 80 mil recuperados.

Márcia Sobral