Jax Rosebush acabou de fazer cinco anos na semana passada. Reddy é seu colega na escola, em Kentucky, nos Estados Unidos, e seu melhor amigo.

Na semana passada, Jax deu uma enorme lição sobre o ódio racial e o preconceito, ao fazer um pedido inusitado à mãe. Quando Lydia, a mãe, comentou que ele precisava cortar o cabelo, Jax aceitou logo o repto e pediu para o rapar por completo. Assim ficava igual ao amigo Reddy e podia pregar uma partida à professora. Iam ficar tão parecidos que a educadora não ia ser capaz de os distinguir.

Jax ignorou apenas um detalhe e foi isso que tornou a história extraordinária: Jax é branco e Reddy é negro.

Ele disse que mal podia esperar para ir para a escola na segunda-feira com o novo corte de cabelo. Assim, a professora não ia conseguir distingui-los. Ele achou que seria divertido confundir a professora com o mesmo corte de cabelo”, contou Lydia Stith, mãe de Jax, numa publicação no Facebook.

A mãe de Jax divulgou a conversa com o filho a 24 de fevereiro. O post já tem mais de 84 mil partilhas, mais de 160 mil gostos e quase 10 mil comentários.

Na publicação do Facebook, a mulher divulgou uma fotografia dos dois meninos. “Aqui está uma foto de Jax e Reddy na festa de Natal. Tenho certeza que todos vocês veem a semelhança. Se isso não for prova de que ódio e preconceito são ensinados, eu não sei o que é”, escreveu Lydia na legenda.

A história foi entretanto divulgada por um órgão de comunicação local e, depois disso, está a correr mundo. E, claro, está a comover as redes sociais.