Aubrey Burge tem cinco anos e é apenas 14 meses mais velha que o irmão, Beckett, diagnosticado em março de 2018 com leucemia. Desde que se apercebeu da fragilidade do irmão, a menina tem dado todo o apoio que pode. Um desses momentos foi fotografado pela mãe, partilhado nas redes sociais e está a emocionar o mundo.

Beckett Burge tinha quatro anos quando fez uma infeção num ouvido que, veio depois a descobrir-se, era o início de um cancro: leucemia linfoblástica.

Os pais, que contam com o orgulho o papel que a irmã tem desempenhado junto do irmão, assumem que não era para ser assim, mas que a própria Aubrey escolheu assumir.

Nós encorajamo-la a sair e fazer outras coisas, mas ela prefere ficar a tomar conta dele”, afirmou Kaitlin, a mãe, numa entrevista ao Mirror.

De acordo com esta mãe, de Princeton, no Texas, Estados Unidos, Aubrey apercebeu-se ao longo dos dias que o irmão estava debilitado.

Sempre que ele voltava para casa, a Aubrey tentava perceber porque é que ele não queria brincar, não era como ela”, contou a Kaitlin.

Sem desanimar e numa tentativa de ajudar o irmão, Aubrey não desistiu e passou a fazer questão de passar todo o tempo que pudesse junto de Beckett, prestando-lhe sempre os auxílios que conseguisse.

De acordo com Aubrey, o irmão é “o seu melhor amigo”.

Foi num desses momentos que a mãe tirou uma fotografia e partilhou no Facebook.

Esse momento, em que a irmã passa a mãos nas costas de Beckett para o confortar, emocionou muitos dos utilizadores da rede social que se cruzaram com a imagem, recebendo diversas mensagens de apoio, tornando-a cada vez mais viral.

Segundo a mãe, a pequena “encarrega-se de ajudar e garantir que tudo aquilo com que ele entra em contacto está limpo”.