Onze crianças morreram afogadas, este sábado, durante um passeio escolar para a limpeza de um rio na província de Java Ocidental, na Indonésia. Outras dez crianças foram resgatadas com vida.

De acordo com Associated Press, cerca de 150 estudantes de um liceu islâmico participavam nas ações de limpeza nas margens do rio Cileueur, quando um grupo de 21 jovens escorregou para dentro de água. Os jovens teriam entre os 13 e os 15 anos.

As condições metereológicas eram boas e não houve nenhuma inundação relâmpago”, afirmou o líder das operações de resgate, Deden Ridwansyah.

Ao que as autoridades conseguiram apurar, as crianças que acabariam por perder a vida estariam “a segurar as mãos uns dos outros” no momento em que escorregaram. “Um deles caiu e os outros foram atrás”, revelou.

Um grupo de populares participou e desempenhou um papel fundamental no resgate dos dez jovens que sobreviveram.

Ao que parece, os jovens estudantes estariam a levar a cabo a ação de limpeza sem utilização de qualquer dispositivo de segurança, como um colete salva-vidas.

Em fevereiro de 2020, uma “inundação relâmpago” num rio matou seis estudantes na província de Yogyakarta.