Um camionista foi agredido até à morte por um grupo de pessoas que tentou intencionalmente atropelar num passeio, sábado, na Califórnia, Estados Unidos, de acordo com a imprensa local.

Tudo começou quando o condutor do camião, com cerca de 40 anos, foi expulso de uma loja, em Hawthorne, no sábado de manhã, segundo a polícia.

Já no veículo, o camionista discutiu com um indivíduo enquanto conduzia, tendo-se dirigido para o passeio com a intenção de atropelar os clientes daquela loja, antes de colidir com uma árvore.

O grupo de pessoas que se encontrava no passeio tentou retirar o condutor do interior do pesado, mas o homem acabou por acelerar novamente e embater num edifício.

Os indivíduos conseguiram então retirar o motorista para fora do camião e começaram a agredi-lo, até ao momento da chegada da polícia de Hawthorne. O óbito acabou por ser declarado no local. 

O incidente foi registado pelas câmaras de vigilância, mas as imagens da gravação não são nítidas, uma vez que as agressões ocorreram atrás de um camião que estava parcialmente fora do plano. Deste modo, embora seja “possível observar a ocorrência de agressões, não se consegue perceber quem estava a fazer o quê”, explicou o porta-voz da polícia do condado de Los Angeles.

As autoridades identificaram a maioria das pessoas que se encontrava no local, enquanto aguardam pelo resultado da autópsia, que poderá indicar se a morte foi provocada pelas agressões ou por um problema de saúde durante a luta, uma vez que, de acordo a polícia, as colisões do carro “não tiveram impacto suficiente” para causarem a morte do condutor.
 

Beatriz Céu