Uma idosa, de 70 anos, foi morta à paulada, acusada de feiticeira, no município do Ucuma, província angolana do Huambo, onde este ano já 10 pessoas morreram vítimas deste fenómeno, informaram as autoridades policiais locais.

De acordo com o relatório do Comando Provincial do Huambo da Polícia Nacional sobre a situação de segurança pública no último fim de semana, o crime foi cometido por um homem, de 28 anos, que já se encontra detido.

O documento, citado pela agência noticiosa angolana, Angop, refere que crimes como este são frequentes nos últimos anos naquela província do planalto central, que afeta sobretudo a população idosa de zonas rurais, tendo de janeiro à presente data sido mortas 10 pessoas, acusados da prática de feitiço.

/ CM