Francesco “Frank” Paolo Augusto Calì, conhecido também como “Frank Boy” morreu depois de ter sido atingido por vários disparos,  à porta de casa no distrito de Totd Hill, em State Island. 

Testemunhas oculares garantem que Frank Cali foi baleado pelo menos seis vezes. Em seguida, o atirador terá atropelado a vítima e fugido numa carrinha azul. O tiroteio aconteceu na quarta-feira às 21:15, hora local.

Frank Cali foi transportado para o Hospital da Universidade de State Island, onde acabou por ser declarado o óbito.

O homicida ainda não foi identificado pela Polícia de Nova Iorque e o motivo do crime continua por explicar.

O homicídio de Frank Cali é o primeiro ataque à Família Gambino desde 1985, ano em que o chefe Paul Castellano foi assassinado à porta de um restaurante. A ordem partiu de John Gotti, também ele membro da família.

Os Gambino são uma das cinco famílias mafiosas que comandam o crime organizado em Nova Iorque. Operam na cidade desde 1905 e chegaram a ser considerada a maior organização criminosa dos Estados Unidos.

Acredita-se que as famílias Genovese, Gambino, Lucchese, Colombo e Bonanno tenham ligações à máfia e controlem o crime organizado em Nova Iorque à várias décadas.

O último homicídio relacionado com a máfia italiana em Nova Iorque ocorreu em outubro. Sylvester Zottola de 71 anos, membro da família Bonanno, foi morto a tiro em frente a um restaurante no Bronx.