Dois homens procurados pelas autoridades irlandesas foram encontrados amarrados e cobertos com tinta num banco perto da cidade de Armagh, na Irlanda do Norte. As autoridades locais acreditam que os homens terão sido atacados por populares da zona, que estariam revoltados com os crimes perpetuados pelos dois suspeitos. 

James White, de 48 anos e Alexis Guesto, de 26, tinham ambos antecedentes criminais e eram procurados pela justiça irlandesa há várias semanas. De acordo com a imprensa internacional, James e Alexis eram dois "pedófilos perigosos"  que estavam fugidos às autoridades, e a quem a comunidade irlandesa aparentemente quis dar uma lição. 

As imagens partilhadas nas redes sociais mostram os dois suspeitos - que terão sido reconhecidos por alguns populares - sentados, lado a lado, com as mãos e pés amarrados e cobertos com uma tinta azul-acinzentada.

   

Assim que as autoridades chegaram ao local - alertadas por causa de um suposto assalto - encontraram e detiveram os dois homens, que acabaram por ser transportados para o hospital para receberem tratamento médico.  

Perante o sucedido, as autoridades já se manifestaram sobre o caso. Jill Duffie, inspetor do Serviço Policial da Irlanda do Norte, referiu numa publicação partilhada no twitter, que lamentava o facto dos populares terem feito "justiça" com as próprias mãos e garantiu que vai investigar o caso para  perceber quem foram os responsáveis pelo ato. 

/ AA