Um adolescente ficou em estado grave após uma baleia ter saltado da água e chocado contra o barco de pesca onde se encontrava.

O incidente ocorreu na Austrália e Nick Myhill, de 18 anos, sofreu lesões graves na coluna e na cabeça após a colisão com o cetáceo, perto da costa de Nova Gales do Sul.

Os serviços de emergência receberam o pedido de SOS no domingo e, em comunicado, sublinham que foi o padrasto da vítima que alertou para o incidente. O homem contou ainda que estava a tentar navegar o barco para a costa, ainda que estivesse quase totalmente inundado. Marine Rescue NSW received a mayday call on Sunday, following the incident off the coast of Narooma, about 200 miles south of Sydney.

Os paramédicos encontraram o navio e trataram os dois marinheiros, antes de os transferirem para um hospital. Nick foi posteriormente transportado de avião para Canberra, onde permanece em estado crítico, mas estável. 

O padrasto foi tratado num hospital local para uma concussão. Numa declaração, a família disse que as vítimas “não tiveram nenhum aviso e nenhum tempo para reagir”.

O padrasto foi capaz de levá-los de volta à costa rapidamente, usando o VHF (rádio marítimo de alta frequência) para fazer uma chamada de socorro no caminho e organizar uma ambulância para recebê-los na chegada. 

“As ações de Matt - o padrasto - sem dúvida salvaram a vida de Nick ", afirma a declaração da família, destacando que Nick continua em coma com graves ferimentos.

Redação / HCL