Um agente da polícia do Estado do Texas, nos Estados Unidos da América, disparou no sábado passado contra o filho por julgar que este era um instruso a tentar invadir-lhe a casa. 

Aconteceu na cidade de DeSoto, a sul de Dallas: a policia foi alertada de madrugada para os disparos de um agente fora de serviço na própria casa. No local, encontraram uma vítima a sangrar da testa, que foi transportada para o hospital, mas não corre risco de vida. 

Foi um acidente", disse à CNN o porta-voz da polícia de DeSoto. "Estamos muito contentes que não tenha resultado em ferimentos graves ou morte". 

Os agentes confirmaram entretanto que não foi apresentada queixa e que não foi feita qualquer detenção, mas garantem que a investigação prossegue e que nenhum procedimento será alterado por os disparos terem sido feitos por um polícia fora de serviço.