Um elemento das forças de segurança da União Europeia (UE) foi morto, na terça-feira, depois de ter sido atingido por um rocket na região de Damasco, Síria.

O anúncio foi feito esta quarta-feira, pela alta representante da UE para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança, Catherine Ashton.

Segundo a agência Reuters, Ahmad Shihadeh, agente da delegação da União Europeia na Síria, foi morto quando prestava ajuda humanitária à população dos subúrbios de Deraya, cidade onde vivia.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos avança que os mísseis foram lançados por forças do regime de Bashar al-Assad.
Redação / LP