Três elementos dos Médicos Sem Fronteiras foram libertados, este domingo, no Sudão. Os três reféns agora libertados foram mostrados na televisão sudanesa, no aeroporto de El Fasher, no norte de Darfur, com um governante local.

«Estão salvos e bem de súde. Ainda estão em Darfur, mas vão ser transferidos para Khartoum», adianta Ali Youssef Ahmed, chefe de gabinete do ministério dos negócios estrangeiros do Sudão, adiantando que pelo menos um refém sudanês já tinha sido libertado antes.

Os reféns agora libertados são uma enfermeira canadiana, um médico italiano e um coordenador de equipa francês. Foram raptados na quarta-feira, por homens armados que atacaram o acampamento belga dos Médicos sem Fronteiras no norte de Darfur.
Redação / MM