O famoso "Arco de Darwin", no arquipélago das Galápagos, colapsou na segunda-feira, anunciou o ministro do Ambiente e do Água do Equador, Héctor Barrera.

A ponte natural, que tem o nome do famoso naturista e biólogo britânico Charles Darwin e está localizada a menos de um quilómetro da Ilha de Darwin, no ponto mais a norte das Galápagos, não resistiu à erosão.

Segundo o ministério, em tempos este arco chegou a fazer parte da ilha de Darwin, que não é habitada e não está aberta ao público.

É considerado um dos melhores lugares do mundo para mergulhar e observar tubarões.

As ilhas Galápagos são Património Mundial da UNESCO, pela sua biodiversidade, considerada única no mundo.

O arquipélago, que inspirou a teoria da evolução das espécies de Charles Darwin, é composto por 234 ilhas, enseadas e rochas, onde habitam cerca de 30.000 pessoas.

Catarina Machado