Além do castigo ao quarteto sul-americano do FC Porto, a campanha de Jorge Jesus ao serviço do Flamengo foi outros dos temas abordados por Deco. O atual representante de jogadores considera mesmo que nos últimos não viu nenhuma equipa jogar melhor que o Mengão do técnico luso.

«A mim não me espanta, conheço a capacidade de Jesus, o trabalho que fez em Portugal. Sei do que é capaz como treinador, o Flamengo foi um clube que se estruturou muito nos últimos anos, mas equipa que não ganhava. O Jesus conseguiu pôr a equipa num nível muito alto. Talvez nos últimos anos, nenhuma equipa conseguiu jogar um futebol desse nível no Brasil», referiu o ex-jogador, à margem da cerimónia de apresentação do livre «O futebol com que sonhei» de Luís Freitas Lobo.

O antigo internacional português assumiu ainda estar feliz pelo sucesso de Jesus no Brasil.

«O mérito é sempre dos jogadores e dos treinadores. É mérito dos jogadores por aceitarem as ideias do treinador e do treinador por conseguir colocar as suas ideias em prática. A equipa tem muito dedo do Jesus. Teve a sorte de os jogadores terem aceitado as suas ideias rapidamente. Sempre disse no Brasil que os treinadores portugueses têm sucesso em todo o lado, só que o futebol é isso, para se quebrar barreiras tem que se ter sucesso. Fico feliz por ver um treinador português a triunfar no Brasil, é sinal de que outros podem vir no futuro», concluiu.

Tudo sobre Jorge Jesus
 

Vítor Maia / Porto