O aumento repentino das temperaturas de 20 graus negativos para os 10 positivos em Belgrado, na Sérvia, causou o degelo no rio Danúbio.

Vários blocos de gelo, alguns com um metro de espessura, acabaram por se desprender. Os prejuízos são maiores na zona de Zemun, onde várias embarcações, pequenos cais e restaurantes flutuantes acabaram por afundar.

Alguns particulares tentam recuperar o que ainda é possível, mas já se fala de milhares de euros em prejuízo.

No início do mês as autoridades sérvias tentaram usar quebra-gelos nos rios Danúbio, Tisa e Sava, mas o gelo formou-se tão rapidamente que não permitiu avançar com essas medidas de precaução.