Pelo menos 90 pessoas morreram e 34 estão desaparecidas devido a inundações que devastaram o centro do Vietname durante quase duas semanas e que causaram vários deslizamentos de terra.

O Centro de Gestão de Desastres vietnamita indicou que 14 soldados morreram no domingo e oito estão desaparecidos após terem ficado soterrados numa avalancha de terra na província central de Quang Tri, quando prestavam ajuda a mitigar as enchentes na região.

O aluimento de terra e lama atingiu durante o local onde dezenas de equipas de resgate trabalhavam desde domingo para tentar encontrar com vida um dos oito desaparecidos.

Esta tragédia soma-se à de outra avalancha que há uma semana soterrou 17 trabalhadores e que horas depois tirou a vida de 13 soldados que os procuravam na província de Thua Tien-Matiz.

A maioria das vítimas foi arrastada pelas enchentes que atingiram a região desde o início do mês, com a água a atingir quatro metros de altura e a obrigar à retirada de mais de 120 mil pessoas.

Várias províncias do centro e norte do país continuam a registar fortes chuvas e o serviço meteorológico previu que estas continuem na zona pelo menos até quarta-feira.

No vizinho Camboja, pelo menos 18 pessoas morreram na sequência de inundações causadas pelas chuvas, desde 01 de outubro, em várias províncias e na capital, Phnom Penh.

/ HCL