Um edifício de cinco andares que estava a ser demolido na cidade sul-coreana de Gwangju desabou hoje e os seus escombros caíram sobre um autocarro, matando nove dos passageiros a bordo, anunciaram as autoridades.

Pedaços de cimento do edifício que ruiu atingiram o autocarro, que transportava 17 pessoas e tinha parado numa rua próxima, precisou a Agência Nacional de Incêndios sul-coreana.

As equipas de socorro enviadas para o local resgataram oito sobreviventes do autocarro, entre os quais o motorista, todos gravemente feridos, antes de encontrarem e retirarem os nove corpos, indicou a agência em comunicado.

Um oficial dos bombeiros, Kim Seok-sun, declarou em conferência de imprensa que todos os trabalhadores das obras no prédio tinham abandonado o local antes do desmoronamento, acrescentando que alguns deles disseram aos investigadores que tinham fechado uma rua pedonal próxima do edifício antes de este abater.

Responsáveis da Agência Nacional de Incêndios indicaram que as equipas de socorro estão ainda à procura de pessoas que possam ter ficado presas sob os escombros.

Desconhece-se ainda a causa do desabamento do edifício.

Os órgãos de comunicação locais mostraram imagens dos escombros a cair sobre o autocarro e a envolver a rua numa grande nuvem de poeira.

Num vídeo captado após o desmoronamento do prédio, veem-se dezenas de elementos das equipas de resgate com macas e pés-de-cabra à procura de sobreviventes por entre os escombros, enquanto retroescavadoras retiravam uma enorme pilha de pedaços de cimento e vigas de metal retorcidas amontoadas no meio da estrada.

/ LF