Um comboio de alta velocidade, que fazia a ligação entre as cidades italianas de Milão e Bolonha, descarrilou na madrugada desta quinta-feira em Lodi, avançou a Polícia Ferroviária italiana no Twitter. O acidente fez dois mortos e 31 feridos, segundo o último balanço das autoridades.

O acidente aconteceu às 5:35 locais (4:35 em Portugal).

Duas carruagens e a locomotiva do comboio saíram dos carris em Lodi.

As vítimas mortais são os dois maquinistas do comboio, que tinham 52 e 59 anos. Os corpos foram recuperados a centenas de metros do local onde ficou a carruagem, que na altura do acidente  viajava a 290 quilómetros/hora, indica o Corriere dela Sera.

Nenhum dos feridos ficou em estado grave. Uma das vítimas é um funcionário ferroviário que fazia limpeza de carris.

O balanço do acidente não foi mais grave porque o comboio estava quase vazio: a bordo estavam apenas 33 passageiros e as carruagens da frente estavam quase vazias. 

A linha de comboios de alta velocidade que liga Milão a Bolonha foi suspensa em ambas as direções pelas autoridades. O Ministério Público já abriu um inquérito para apurar as causas do acidente. 
 

 
/ AM/PB/BC - atualizada às 10:10