O número de mortos devido aos deslizamentos de terras que destruíram parte de Mocoa, no sul da Colômbia, subiu para 273, segundo informou na segunda-feira o Presidente Juan Manuel Santos.

Fizemos a contagem das pessoas que infelizmente morreram. O último número é de 273 pessoas falecidas e 262 feridos”, disse Santos numa declaração aos jornalistas na capital do departamento de Putumayo.

Santos acrescentou que foram realizadas 193 autópsias nas quais foram identificadas 60 pessoas.

Mocoa, a capital do departamento de Putmayo, ficou destruída pelo aumento do nível das águas do rio homónimo e dos seus afluentes, após chuvas intensas. As águas arrasaram pelo menos 17 bairros da cidade com 45 mil habitantes.