O número de mortos em dois deslizamentos de terra ocorridos na semana passada na província de Guizhou, sudeste da China, subiu para 42, enquanto nove pessoas continuam desaparecidas, informou esta segunda-feira a imprensa estatal.

A emissora estatal CCTV informou que as operações de resgate continuam, no condado de Shuicheng, onde um deslizamento de terra, na terça-feira passada, enterrou 21 casas.

Onze pessoas foram encontradas com vida e estão a receber tratamento hospitalar.

As autoridades apontaram as fortes chuvas como causa principal do desastre.

Mais de 800 pessoas participam nas operações de resgate e têm vasculhado a área, onde chuvas contínuas e encostas íngremes têm dificultado os esforços de busca.

Num outro incidente, no mesmo dia, uma pessoa morreu, depois de um deslizamento de terras atingir uma vila no condado de Hezhang.

/ SS