Um homem de 27 anos foi preso por ser o presumível autor de vários ataques com uma faca, em Birmingham, Inglaterra, no sábado, que provocaram um morto e sete feridos, disse hoje a polícia de West Midlands.

Prendemos um homem que é suspeito de um assassinato e de sete tentativas de homicídio", disse a mesma fonte.

Um homem morreu e outras sete pessoas ficaram feridas na sequência dos esfaqueamentos, ocorridos na noite de sábado para domingo, em Birminghan.

Em comunicado, no domingo, a polícia de West Midlands indicou que dera início a uma "investigação por homicídio", revelando que, na sequência dos ataques, uma pessoa morreu e outras sete sofreram ferimentos ligeiros.

Acreditamos que os incidentes […] estão relacionados e estamos a fazer o possível para responsabilizar os culpados", lia-se naquele documento.

Em conferência de imprensa, também no domingo, o superintendente-chefe Steve Graham disse, citado pela agência de notícias Efe, que os esforços estão focados em encontrar os autores e "entender exatamente o que aconteceu".

No domingo de manhã, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Dominic Raab, referiu, em entrevista no "Andrew Marr Show" da BBC One, que não tinha "recebido informações que ligassem os esfaqueamentos" a ataques terroristas.

/ BC