A polícia britânica deteve, este domingo, mais um suspeito do atentado de Manchester, elevando para 15 o número de detenções relacionadas com o ataque terrorista de segunda-feira.

Apenas dois dos detidos, um homem e uma mulher, acabaram libertados.

O suspeito é um jovem de 19 anos detido numa operação policial no bairro de Gorton, na zona sudeste da cidade, por "suspeitas de violar as leis antiterroristas".

Este domingo já tinha sido detido um homem de 25 anos na área de Old Trafford.

Os treze detidos, com idades entre os 18 e os 44 anos, estão a ser interrogados. Entre eles encontra-se Ismail Abedi, irmão do terrorista suicida.

Além destes suspeitos, foram, ainda, presos na Líbia outro irmão do autor do ataque e o pai, alegadamente vinculado a um grupo radical.

O atentado de 22 de maio na Manchester Arena, após um concerto de Ariana Grande, fez 22 mortos e 75 feridos.