Espanha celebrou ontem, 12 de outubro, o seu dia nacional, "Dia de La Hispanidad". E o partido espanhol de extrema-direita Vox assinalou a efeméride nas redes sociais partilhando a imagem de um mapa de Espanha que mostra Portugal anexado e como parte integrante de território espanhol. 

Espanha tem muito que celebrar e nada do que se arrepender", lê-se na conta oficial do partido no Twitter. "Neste dia, há 529 anos, Colombo descobriu a América e iniciou-se a Hispanidade, a maior obra de geminação realizada por uma povo na história universal", continua a legenda que acompanha a imagem de um mapa-mundo, assinalando-se a vermelho os antigos territórios da coroa espanhola em todo o mundo.

O desenho mostra o território português fundido com Espanha, numa Península Ibérica pintada de vermelho, bem como toda a América Latina, grande parte da América do Norte e as costas africanas do Atlântico e Índico, incluindo o que é hoje Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique, entre outros países.

No topo, uma bandeira com as armas portuguesas, ao lado do escudo real espanhol filipino, durante o período de 60 anos de anexação de Portugal por Espanha (1580-1640), em que as armas portuguesas faziam parte do brasão da coroa espanhola.

O Dia da Hispanidade, feriado nacional em Espanha, marca a chegada, em 12 de outubro de 1492, de uma expedição liderada por Cristóvão Colombo à Ilha Guananí, no arquipélago das Bahamas, considerado o primeiro contacto entre a Europa e a América, poucos anos antes da chegada de Pedro Álvares Cabral ao Brasil.

Esta não é a primeira vez que o Vox "anexa" Portugal no mapa: em janeiro de 2020, o partido já tinha publicado uma imagem com Portugal como parte de território espanhol, levando nessa altura André Ventura, líder do Chega, a exigir a Santiago Abascal, dirigente do Vox, que se retratasse pelo sucedido.

O Chega exigia ainda que tal "equívoco" não se repetisse, "sob pena de as relações entre Portugal e Espanha, tão prezadas por ambos os países, poderem sair prejudicadas”.

E apesar de a imagem ter sido apagada do site do partido, não houve qualquer retratação pública.

As relações entre Chega e Vox, por sua vez, parecem ter permanecido intactas, já que ainda na semana passada André Ventura discursou em espanhol na convenção do Vox e Santiago Abascal participou em setembro num comício do Chega. 

*Com Lusa

Bárbara Cruz