Um dos familiares dos passageiros de uma pequena embarcação que naufragou no sábado entre Díli e a ilha de Ataúro disse à Lusa que três dos sete passageiros foram encontrados este domingo numa praia da capital, para onde nadaram agarrados a madeira do barco.

“O barco afundou a meio do caminho. Três conseguiram nadar juntos, agarrados a madeira até à praia de Cristo Rei Dolok Oan”, disse à Lusa Isazelia Pacheco, familiar do grupo de sete homens que seguia na embarcação.

Um deles foi mordido por um tubarão e estão agora os três no Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV)”, explicou.

Pacheco, familiar do grupo que viajava entre Díli e Ataúro, explicou que até ao momento ainda não há informação sobre os restantes quatro passageiros.

Até ao momento ainda não foram encontrados”, disse.

Volker Katzung, responsável do Atauro Dive Resort, disse à Lusa que desde as primeiras horas da manhã têm continuado as buscas dos restantes passageiros.

“Estamos agora a bordo do meu barco com dois familiares à procura dos restantes”, disse à Lusa em contacto telefónico, ao largo de Díli.

/ AG