Donald Trump ficou satisfeito com a decisão do presidente russo, Vladimir Putin, que optou por não expulsar, pelo menos para já, nenhum diplomata americano como resposta às sanções anunciadas na quinta-feira por Barack Obama. 

O presidente eleito dos Estados Unidos escreveu no Twitter que "sempre soube" que Putin "era muito inteligente".

O presidente russo decidiu não seguir a recomendação do seu ministro dos Negócios Estrangeiros e recusou expulsar 35 diplomatas norte-americanos, como resposta à mesma medida tomada por Barack Obama.

"Não vamos expulsar ninguém", frisou, em comunicado.

Putin acrescentou que lamenta que a administração Obama termine o mandato desta forma, considerando que as novas sanções à Rússia prejudicam as relações entre os dois países.

O presidente russo promete avaliar as decisões do presidente eleito dos EUA, Donald Trump, antes de dar outros passos.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, tinha assumido esta sexta-feira ter proposto a medida de expulsão a Putin.

Redação / SS