Milhares de pessoas são esperadas esta terça-feira, em vários pontos da cidade de Londres, para protestos em massa contra o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que está de visita ao país. Uma das imagens de marca das manifestações anti-Trump, um balão gigante que mostra um bebé Trump a fazer birra, já foi içado nas ruas da capital britânica.

Com as medidas de segurança reforçadas e polícia em cada canto, o líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, deverá juntar-se ao protesto "em solidariedade com aqueles que ele atacou na América, no mundo e no nosso país".

Várias ruas foram cortadas e os manifestantes foram impedidos de protestar frente a Downing Street, onde fica a residência da ainda primeira-ministra Theresa May. A ainda primeira-ministra, que apresentou demissão por ser incapaz de fazer aprovar o seu plano para o Brexit, recebe esta terça-feira Donald Trump precisamente no número 10 de Downing Street.

Enquanto Trump preenche o dia com encontros políticos, os protestos começaram bem cedo nas ruas.

“Estamos a tentar lembrar ao presidente [americano] o quanto ele não é bem-vindo ao nosso país", afirmou à Reuters Leo Murray, o co-criador do bebé Trump, o boneco insuflável que é a caricatura do presidente dos EUA.